domingo, 6 de novembro de 2022

ROMBO DE R$ 400 BILHÕES COLOCA ‘JAIR QUEBROU O BRASIL’. PARA COMPRAR VOTOS E TENTAR VENCER AS ELEIÇÕES, EX-CAPITÃO DEIXOU UM DÉFICIT BILIONÁRIO PARA O PRÓXIMO ANO.

Henrique Meirelles, Jair Bolsonaro e Paulo Guedes (Foto: ABR)

A declaração do então presidente do Banco Central nos governos Lula, Henrique Meirelles, de que o rombo deixado pelo governo de Jair Bolsonaro (PL) é de R$ 400 bilhões – e não de R$ 150 bilhões, como afirmam – turbinou as postagens no Twitter com a hashtag “Jair quebrou o Brasil”. O termo foi o mais mencionado nas postagens em toda a tarde desta sexta-feira (4) na plataforma. Má gestão levou ao rombo de R$ 400 bilhões

A primeira PEC de Bolsonaro, para contornar o “teto”, foi em setembro de 2019, para não contabilizar as transferências de recursos federais para estados e municípios beneficiados pela repartição da cessão onerosa do pré-sal. Impacto de R$ 46 bilhões nas contas. Em dezembro de 2021, com a PEC dos Precatórios, mais R$ 44 bilhões. A terceira PEC foi aprovada em dezembro de 2021: R$ 81,7 bilhões.

E a quarta e mais conhecida delas, a “PEC Kamikaze”, em julho passado, bem na época da discussão da LDO, com claro objetivo eleitoral. “Numa manobra ilegal e criminosa permitiu a Bolsonaro comprar votos às pressas por meio de benefícios sociais, a um custo de R$ 41 bilhões a mais do que previa o teto, foram determinantes para atolar o país num rombo fiscal sem precedentes”, disse hoje a economista Monica de Bolle.

“Gastança que Bolsonaro fez para se reeleger. A (PEC) Kamikaze foi especialmente notável pelos valores e como isso foi feito. Ou seja, Bolsonaro pediu licença para gastar além do teto quatro vezes, todas elas além de R$ 40 bilhões. Mais de 200 bilhões”, disse a economista.

Críticas ao rombo, aos cortes e desinvestimento social

O deputado federal Bohn Gass (PT-RS) dirigia-se ao senador eleito pelo seu estado, o ex-vice-presidente Hamilton Mourão. Em seu Twitter, o ex-vice de Bolsonaro criticou o presidente eleito Lula. “O futuro governo do @LulaOficial está negociando com o Congresso um rombo de 200 bilhões no orçamento de 2023, ou seja, zero compromisso com o equilíbrio fiscal. O resultado será aumento da dívida, inflação e desvalorização do Real. Onde estão os críticos???”

Na rede social, os internautas que levantaram “Jair quebrou o Brasil” não perderam a oportunidade de criticar à má gestão financeira de um governo que ficou marcado por desinvestimentos, cortes em políticas sociais e desperdícios. Confira algumas postagens:

 

 

 

 

 

Brasil 247.

 

 

 

 

 

 

  



Nenhum comentário:

Postar um comentário

PORRADA. O PAU CANTOU NO MEIO DO VOO: BRIGA ENTRE PASSAGEIROS CAUSA CONFUSÃO E ATRASA VOO EM SALVADOR. VÍDEO.

Nas imagens, no vídeo que viralizaram nas redes sociais, é possível ver o "empurra-empurra" e as agressões entre um grupo de pesso...