quarta-feira, 24 de novembro de 2021

DR. BENTO VIEIRA REBATE ACUSAÇÕES DE QUE TERIA COBRADO DINHEIRO DE POLICIAL ENVOLVIDO NO 'CASO MARQUINHOS' E DIZ QUE A SOLTURA FOI NEGATIVA E CAIU QUE NEM UMA BOMBA AS PESSOAS NÃO ACEITAM. ASSISTA REPORTAGEM.

O advogado assistente de acusação do Caso Marquinhos, Dr Bento Vieira, foi entrevistado na última terça-feira (23) pelo portal de notícias 'Aconteceu News'. Na conversa, ele deu mais detalhes sobre a liberdade condicional dos PMs e comentou sobre uma polêmica envolvendo seu nome, em que ele supostamente teria agido de má-fé contra o Tenente Pinho, um dos acusados de ter assassinado o empresário Marcos Marcondes. 

No início da entrevista, Dr. Bento Vieira comentou a decisão do juiz de São Luís Gonzaga em conceber liberdade condicional para os PM's. A notícia da soltura dos acusados caiu como uma bomba em Bacabal e vem sendo um dos assuntos mais comentados do município. 

Do ponto de vista emocional, ele classificou como negativa a soltura dos envolvidos, e que esses efeitos serão sentidos principalmente pelos parentes das vítimas, que não desejam ver os policiais fora das grades. 

Porém, ele admitiu que, do ponto de vista racional, o juiz apenas agiu de acordo com a lei, uma vez que a legislação prevê a decisão de revogar a prisão preventiva. "Na época em que foi feita a prisão, o juiz alegava a garantia da ordem pública, conveniência da instrução processual (saber que as testemunhas já prestaram seus depoimentos e não correm risco de serem mortas ou ameaçadas) e aplicação da lei penal. Eles ainda são militares e não há perigo deles fugirem, pois assim serão enquadrados em outro crime que é a deserção", disse.

Dr. Bento também respondeu as acusações de que ele teria agido de má fé contra o Tenente Pinho, devido a um boato de que cobrou dinheiro da família do policial, recebeu a quantia e não realizou o trabalho necessário.

"Como a defesa é desprovida de uma situação técnica que justifique essa barbaridade que os policiais fizeram com o finado Marquinhos e com Ribamar, eles se preocupam o tempo inteiro em me atacar. Eu não assisti a live pois não conheço o advogado deles, mas ele tentou insinuar que pedi dinheiro para o Pinho. Acontece que o Tenente Pinho sabe que não tem dinheiro para me pagar, todo mundo sabe, o que ele ganha na PM não dá para me pagar como advogado, então como eu ia pedir dinheiro para um liso? Eu cobro para quem pode... Tu não pode me pagar, Pinho, não adianta que isso não cola, você não tem condição de me contratar como advogado", disse Bento.

Tenente Pinho antes de ser suspenso da Polícia Militar.

O advogado ainda desafiou os familiares para comprovar a acusação através de um recibo assinado por ele, que de fato aceitou algum dinheiro para prestar um trabalho de defesa do policial ou amenizar as acusações contra o mesmo. Veja a entrevista abaixo:

Assista reportagem. Acontece News.


MINISTÉRIO PÚBLICO RECORRE DA DECISÃO QUE SOLTOU OS POLICIAIS. BACABAL-MA 23.11.21. DR. BENTO VIEIRA.


Fonte. Blog do Carlinhos


Nenhum comentário:

Postar um comentário

“BESOURO PAGODINHO” É PRESO EM SÃO PAULO O HOMEM QUE CHAMA AS MULHERES DE FEIAS E OS HOMENS DE CRACUDOS. ELE FOI PRESO POR CALUNIA E DIFAMAÇÃO. VEJA O VÍDEO PROGRAMA DO DATENA.

José da Silva Frazão Neto, mais conhecido por seu apelido, “Besouro Pagodinho”, foi preso em São Paulo. A informação foi dada com exclusivid...