sexta-feira, 28 de junho de 2024

ASSASSINATO DO EMPRESÁRIO JOSIVAL CAVALCANTI DA SILVA, CONHECIDO COMO “PACOVAN”, O AGIOTA PACOVAN DEVE SER ELUCIDADO A QUALQUER MOMENTO.

A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP), está muito perto de elucidar o assassinato do empresário Josival Cavalcanti da Silva, conhecido como “Pacovan”. As investigações, que já vinham tendo bons resultados com informações obtidas pela PC a respeito do veículo Siena preto utilizado no crime, avançaram bastante nos últimos dias com os depoimentos prestados, no início desta semana, pela viúva e o filho da vítima.

Pacovan foi executado na tarde do último dia 14, uma sexta-feira, no interior do posto Joyce (antigo Cavalo de Aço), de sua propriedade, localizado na entrada do município de Zé Doca (MA). Um motorista/segurança do empresário foi atingido com um tiro na barriga e sobreviveu.

Uma das possibilidades de autoria intelectual da execução aponta para uma ex-funcionária de Pacovan, que era usada como uma espécie de ‘laranja’ e depositava em sua conta bancária vultosas quantias passadas pela vítima.

O veículo


A Polícia Civil já checou algumas informações sobre o veículo Siena preto que, após o crime, foi incendiado numa estrada vicinal de um bairro da cidade. A placa e o chassi são ‘quentes’; não se trata de um carro roubado. A proprietária, que aparece nos documentos, reside no Ceará e já foi ouvida. Ela disse que vendeu o veículo para uma pessoa que passou para uma terceira. A PC do Ceará está seguindo a ‘trilha’ das vendas para ajudar as autoridades maranhenses.

Informações privilegiadas

O autor ou autora intelectual do crime estava passando informações privilegiadas aos pistoleiros. Os três homens que ocupavam o veículo – dois dos quais desceram e crivaram o empresário de balas – sabiam que Pacovan estava indo para Zé Doca.

Segundo a ex-funcionária dele, que já foi ouvida e prestou um depoimento que deixou algumas dúvidas. Os dois teriam se comunicado pelo celular, conforme os depoimentos da viúva e do filho da vítima. Os pistoleiros chegaram ao posto Joyce seis minutos depois de Pacovan.

Depoimento inconsistente

Algumas inconsistências marcaram o depoimento da ex-funcionária de Pacovan. É provável que nos próximos dias a rumorosa execução do empresário Josival Cavalcante da Silva esteja elucidada.

Reveja o momento em que Pacovan foi executado

TOYOTA HILUX SW4 FEZ CAMPANA NO POSTO JOYCE ONDE PACOVAN FOI ASSASSINADO

Imagem meramente ilustrativa...

Imagem meramente ilustrativa…

Na investigação para desvendar os responsáveis pelo assassinato e o respectivo mandante da morte do empresário Josival Cavalcanti da Silva, conhecido como “Pacovan”, a Polícia Civil do Maranhão identificou pelas diversas câmeras do sistema de videomonitoramento interno do posto de combustível Joyce na cidade de Zé Doca, um veículo Toyota Hilux SW4 de cor preto, de vidros escuros, que pernoitou no local um dia antes do crime.

Certamente à espera e/ou monitorando o empresário, o veículo ficou ao longo de toda a tarde da quinta-feira, dia 13, no local. Durante a noite, a “SW4 preta” continuou no posto.


Agora, a Polícia apura se foi exatamente essa Toyota Hilux SW4 de cor preto, usada na campana da noite anterior ao crime, o carro que deu fuga aos criminosos que mataram Pacovan.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

SÃO LUIS GONZAGA DO MARANHÃO: 21/07/2024 GRANDE ENCONTRO COM DR. JUNIOR OS AMIGOS E AMIGAS UM SUCESSO E COM O POVO DE S.L.G-MA, SEM ENTREGA DE CAMISAS, BONÉS E COMBUSTÍVEL, PRESENÇA DO PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO DICO SALAZAR. VEJA VÍDEOS.

O prefeito de São Luis Gonzaga do Maranhão, Dr. Junior realizou neste domingo dia 21 de julho de 2024, no Espaço Cuxá, grande encontro, gran...